Aplicativo espião – O que são e como funcionam

Você já ouviu falar em aplicativo espião? Esse termo está cada vez mais presente nas conversas sobre segurança digital, e não é à toa. Países como EUA e Reino Unido já registram um número crescente de dispositivos afetados por essas ferramentas indesejadas. 

Eles são ameaças invisíveis capazes de acessar dados pessoais sem você perceber. Aqui, vamos te orientar sobre tudo que envolve os aplicativos espiões: do que são, como operam, até como você pode identificar e se livrar de um que esteja no seu dispositivo. 

Continue a leitura para aprender como proteger sua privacidade e, na sequência, você encontrará informações valiosas e conselhos sobre como manter seu dispositivo seguro e livre de espionagem!

O que é um aplicativo espião?

Aplicativo espião - O que são e como funcionam - Fonte: Reprodução
Aplicativo espião – O que são e como funcionam – Fonte: Reprodução

Um aplicativo espião pode ser descrito como um software designado para coletar dados de um dispositivo sem o conhecimento ou a permissão do usuário. Sim, isso parece algo saído de um filme de espionagem ou futurista, mas é uma realidade bem presente. 

O mecanismo de ação deles é preocupante: eles conseguem acessar uma diversidade de informações pessoais, o que pode incluir detalhes de registro de chamadas, mensagens de texto, o histórico de navegação na internet, localização do celular, até mesmo acessar a câmera do seu celular para tirar fotos ou gravar vídeos. 

Todos esses dados são coletados e enviados para o espião, que monitora todas as atividades sem que a pessoa nem sequer desconfie. Essa espionagem ocorre em absoluto sigilo; o aplicativo espião pode ser programado para funcionar em segundo plano e você nem percebe que sua privacidade está sendo violada. 

Aplicativo espião: como funciona

O funcionamento desses programas é complexo, mas vou ajudar você a compreender. Eles são desenvolvidos para se manterem ocultos, agindo discretamente para coletar informações. 

Um exemplo comum de como esses aplicativos espiões acabam sendo instalados é o download e instalação por fora da loja oficial de aplicativos do seu sistema operacional, como a Google Play Store ou a App Store. 

Os aparelhos que saem desse ambiente protegido se tornam mais vulneráveis a espionagem, tendo em vista que essas lojas contam com verificações de segurança que usualmente filtram apps maliciosos, protegendo você.

Como saber se você está sendo monitorado

Algumas pistas podem sugerir que algo não vai bem. Por exemplo, um consumo elevado de bateria sem explicação é um alerta, já que aplicativos espiões, rodando em segundo plano, podem usar mais energia e reduzir a autonomia do seu aparelho.

Outra coisa que você pode fazer é verificar os aplicativos instalados. Para isso, vá até as configurações do seu celular e dê uma olhada na lista, se você encontrar algum aplicativo estranho que não se lembra de ter instalado, será um sinal. 

É importante também revisar as permissões concedidas a cada aplicativo. Se algum deles tiver permissões que não fazem sentido, como um jogo que tem acesso às suas mensagens, fique atento.

O aumento no uso de dados também merece a sua atenção. Um aplicativo espião precisa enviar as informações coletadas para algum lugar, e isso pode consumir sua internet móvel. 

Descubra quais são os perigos 

Aplicativo espião - O que são e como funcionam - Fonte: Reprodução
Aplicativo espião – O que são e como funcionam – Fonte: Reprodução

O uso de um aplicativo espião não afeta apenas quem está sendo monitorado, mas também pode trazer riscos enormes para quem faz a instalação. Começando pelas consequências legais, é importante destacar que a prática de espionar alguém sem consentimento é crime

A Lei nº 9296/1996 rege as limitações onde interceptações telefônicas podem ocorrer, sempre com autorização judicial e para fins investigativos. Já a conhecida Lei Carolina Dieckmann (Lei nº 12.737/2012) pune a invasão de dispositivos para obtenção de dados sem permissão.

Como remover aplicativo espião do celular

Se você suspeita que seu celular possa estar com um aplicativo espião, veja como agir para remover essa ameaça. O primeiro passo é a atualização do sistema operacional, pois as atualizações frequentemente incluem correções de segurança que ajudam a proteger seu dispositivo contra aplicativos maliciosos.

No caso de confirmar que um app espião está presente no seu dispositivo, considere fazer uma redefinição para a configuração de fábrica – uma medida remove todos os dados e aplicativos do celular, incluindo qualquer programa espião. 

Aqui está um processo simples que você pode seguir para remover um aplicativo espião do seu celular:

  1. Faça backup dos seus dados importantes;
  2. Vá até as configurações do seu celular e encontre a opção de redefinição para a configuração de fábrica;
  3. Confirme a ação e aguarde o celular restaurar o sistema;
  4. Após a redefinição, instale apenas aplicativos de fontes confiáveis, como a Play Store ou App Store;
  5. Mantenha seu antivírus atualizado e faça verificações regularmente.

Esses passos vão te ajudar a se livrar do app espião e também a manter seu celular mais protegido no futuro. 

Aplicativo espião no Android x iPhone (iOS): veja diferenças

É importante saber que nem todos os sistemas operacionais têm a mesma vulnerabilidade a aplicativos espiões. No geral, os aparelhos Android têm uma abertura maior para personalizações e, por essa razão, podem ter uma exposição maior a esse tipo de risco se comparados aos iPhones (iOS), que possuem um controle mais rígido.

A Apple, fabricante dos iPhones, adota um sistema fechado que limita a instalação de aplicativos que não estejam na App Store, seu ambiente oficial de aplicativos. Dessa forma, o risco de um iOS ser infectado acidentalmente com um aplicativo espião pode ser menor.

Já o sistema Android fornece mais liberdade para você instalar aplicativos de diferentes fontes, o que pode ser uma vantagem, mas também abre portas para possíveis ameaças. Assim, evite instalar aplicativos de fontes desconhecidas e sempre mantenha um antivírus confiável e atualizado para proteger seu dispositivo.

Conclusão

Finalmente, você viu como esses aplicativos podem violar sua privacidade, de que maneira eles operam e os métodos para detectar e remover esses intrusos indesejados do seu celular.

Para te deixar mais protegido, lembre sempre de manter o sistema operacional do seu dispositivo atualizado, pois é uma maneira eficaz de evitar problemas. Também fique atento a qualquer link suspeito e tenha cuidado ao instalar aplicativos, dando preferência sempre à loja oficial, seja Play Store ou App Store.

Espero que estas informações te ajudem a navegar com mais segurança no mundo digital e te encorajem a cuidar bem do seu aparelho!

Avatar photo
karina