Auxílio-alimentação: saiba como aproveitar ao máximo este benefício

O benefício do auxílio-alimentação é uma vantagem oferecida pelas empresas para ajudar os funcionários a cobrir despesas de alimentação. Em 2024, esse recurso continua sendo extremamente relevante para os trabalhadores no Brasil, complementando a renda e garantindo uma alimentação adequada em um cenário econômico ainda desafiador.

Para os trabalhadores, esse auxílio é um suporte significativo. Ele permite planejar suas refeições sem comprometer o orçamento familiar. A importância desse benefício vai além do aspecto financeiro, influenciando diretamente na qualidade de vida e no bem-estar dos empregados.

Saber como utilizar o auxílio-alimentação é importante para aproveitar todas as suas vantagens. Continue a leitura para conhecer as regras pode fazer uma grande diferença no seu dia a dia. 

O que é auxílio-alimentação?

Auxílio-alimentação: saiba como aproveitar ao máximo este benefício - Fonte: Reprodução
Auxílio-alimentação: saiba como aproveitar ao máximo este benefício – Fonte: Reprodução

O auxílio-alimentação é um benefício oferecido pelas empresas para ajudar nas despesas com alimentação dos seus funcionários, e que, geralmente, é disponibilizado por meio de cartões ou vouchers. Isso permite a compra de alimentos em supermercados, mercearias e outros lugares similares, ajudando a manter uma alimentação mais equilibrada.

Diferente do vale-refeição, usado principalmente em restaurantes e lanchonetes, o auxílio-alimentação tem um uso mais variado, ou seja, com o vale-refeição você pode pagar seu almoço no horário de trabalho, enquanto o auxílio-alimentação permite a compra de alimentos para preparar em casa.

Vale lembrar que o termo “vale-alimentação” pode ser usado de forma mais genérica e incluir tanto o auxílio-alimentação quanto o vale-refeição. Entender essas diferenças é importante para saber como utilizar cada benefício da melhor forma, aproveitando todas as funcionalidades disponíveis.

Diferenças entre vale-refeição e auxílio-alimentação

As principais diferenças entre vale-alimentação e auxílio-alimentação estão no uso e nas características de cada um. O auxílio-alimentação é um benefício que permite a compra de alimentos em supermercados, ajudando na alimentação familiar.

O vale-refeição, por outro lado, é mais focado em refeições durante o horário de trabalho, ou seja, com ele, você pode pagar suas refeições em restaurantes e lanchonetes, daí a importância de saber quando e como usá-lo adequadamente. 

Saber as características de cada benefício ajuda a organizar melhor suas despesas e, com isso, usar os recursos de maneira mais eficiente. Enquanto o vale-alimentação é ideal para compras em mercados, o auxílio-alimentação é perfeito para refeições prontas.

Legislação atual sobre auxílio-alimentação

O benefício auxílio-alimentação é regulamentado pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), instituído pela Lei nº 6.321 de 14 de abril de 1976 e regulamentado pelo Decreto nº 5 de 14 de janeiro de 1991. 

Essa lei assegura que as empresas possam oferecer o benefício sem a incidência de encargos sociais, incentivando as companhias a adotarem essa prática no Brasil. Vale lembrar que a participação no PAT é voluntária, mas as empresas que aderem ao programa usufruem de benefícios fiscais, tornando a adesão financeiramente atrativa.

Impactos das mudanças legislativas para trabalhadores e empresas

As mudanças na legislação, trouxeram impactos significativos para trabalhadores e empresas. Para os trabalhadores, essas mudanças garantem mais segurança e transparência no recebimento do auxílio-alimentação, facilitando o controle e a utilização correta dos valores recebidos.

Para as empresas, as novas regras da Medida Provisória 1.108 oferecem mais clareza sobre como conceder o benefício auxílio-alimentação, o que pode reduzir custos administrativos, evitando também problemas legais. 

As empresas também aproveitam os incentivos fiscais, que tornam o benefício mais atraente para ser adotado. Confira a tabela abaixo comparando as regras antes e depois da Medida Provisória 1.108:

AspectoAntes da MP 1.108Depois da MP 1.108 
Controle de GastosMenos rigorosoMais transparente
Flexibilidade de UsoLimitadaAmpliada
Incentivos FiscaisExistentesReforçados


Essas mudanças na legislação trazem vantagens tanto para os trabalhadores quanto para as empresas, promovendo um ambiente mais justo e eficiente.

Como solicitar e utilizar o auxílio-alimentação?

Auxílio-alimentação: saiba como aproveitar ao máximo este benefício - Fonte: Reprodução
Auxílio-alimentação: saiba como aproveitar ao máximo este benefício – Fonte: Reprodução

Para solicitar o auxílio-alimentação, você precisa seguir alguns passos simples. Muitas empresas usam plataformas digitais para tornar o processo mais fácil, então aqui vai um guia prático para te ajudar a conseguir o benefício sem complicações.

  1. Acesse a plataforma digital: veja se a sua empresa usa um sistema online para solicitar benefícios.
  2. Faça login: use seu usuário e senha para entrar no sistema.
  3. Selecione o benefício: no menu, procure a opção de pedir o auxílio-alimentação.
  4. Preencha os dados: coloque as informações necessárias, como seus dados pessoais e bancários.
  5. Confirme a solicitação: revise as informações que você colocou e confirme o pedido.
  6. Acompanhe a aprovação: fique de olho nas notificações sobre a aprovação do benefício.

Uso correto do auxílio-alimentação

Com o auxílio-alimentação, você pode fazer compras em supermercados, mercearias e outros locais que vendem alimentos, garantindo uma alimentação balanceada.

Preste atenção às regras de uso da empresa que fornece o benefício, já que cada plataforma pode ter diferentes estabelecimentos credenciados.

Use o auxílio de forma consciente para que o valor dure o mês inteiro, planejando suas compras conforme a necessidade da sua família.

Benefícios do auxílio-alimentação para as empresas

A concessão do benefício auxílio-alimentação pode ser vista como um diferencial competitivo para empresas que oferecem vantagens como essa e, por isso, conseguem atrair e reter talentos, mantendo um quadro de funcionários qualificado e comprometido. Dessa forma, a imagem da empresa no mercado se fortalece consideravelmente.

Oferecer o auxílio-alimentação traz consigo diversas vantagens para as empresas, uma delas é a melhoria na satisfação dos empregados e o aumento da produtividade, o que pode resultar em um melhor desempenho geral da equipe, contribuindo diretamente para os resultados da empresa.

Conclusão

Como vimos, o auxílio-alimentação é destinado aos trabalhadores no custeio das despesas com alimentação. A adesão ao benefício não é obrigatória, mas, quando as empresas oferecem esse benefício, elas aumentam a satisfação dos funcionários, criando um ambiente de trabalho mais saudável e eficiente. 

Vale lembrar que qualquer empregador pode receber o pagamento de auxílio-alimentação, desde que não seja pago em dinheiro, e essa parcela não será considerada como verba salarial para os efeitos legais. 

Avatar photo
laura